Flamengo muda decisão e veta saída de jogador para o Fluminense

​O ​Flamengo bem que tentou de todas as formas, mas o único reforço que poderá jogar a Copa do Brasil pelo clube é o lateral-direito Rafinha. A diretoria do clube carioca acelerou as negociações para finalizar as chegadas de Filipe Luís e Gerson, mas as transações não chegaram nas fases finais e essa quarta-feira (10) deve ser o “dia D” sobre esses dois negócios. Fla também trabalha no mercado para fechar com um zagueiro.

O novo técnico flamenguista, Jorge Jesus, acompanha de perto a movimentação do Rubro-Negro na janela de transferências e espera que essas contratações cheguem o mais rápido possível. Como o prazo para inscrições na Copa do Brasil chegou ao fim, o Fla só poderá inscrever os novos reforços para a disputa de dois torneios oficiais: Campeonato Brasileiro e da Copa Libertadores da América.

Em outra ponta, o clube também trabalha para a saída de alguns atletas. Ronaldo já deixou o clube da Gávea rumo ao Bahia. O volante será emprestado até o final do ano. Outro que deve sair é o lateral-direito Pará; jogador só tem contrato até o final do ano, mas não está nos planos do treinador português e já foi autorizado para procurar um novo clube nesse meio do ano.

Quem esteve perto de sair, mas vai permanecendo no Mengão, é o peruano Trauco. O Fluminense iniciou conversas com o atleta nas últimas semanas e a negociação chegou a fluir; no entanto, após a negativa do Tricolor carioca em vender o centroavante Pedro, o Flamengo acabou também vetando a saída do lateral-esquerdo. Hoje, a prioridade da diretoria é negociar Trauco para o mercado europeu.