Cruzeiro é condenado na FIFA a perder pontos no Campeonato Brasileiro

A quarta-feira de decisões na ​Copa do Brasil amanheceu com um assunto para lá de impactante no Campeonato Brasileiro. Tudo porque o ​Cruzeiro, em alarmante situação na tabela, foi condenado em primeira instância na FIFA. O que pode afetar sua condição já nada simples no certame nacional.

De acordo com a coluna do jornalista Ancelmo Gois, no jornal ​O Globo, o Comitê Disciplinar da entidade máxima do futebol resolveu que a CBF terá de punir a Raposa em 6 pontos no Brasileirão. A informação já foi confirmada pelo clube, que promete recorrer:

“O caso foi julgado em primeira instância e o Cruzeiro já fez o recurso. Sendo assim, por enquanto, não há risco de perda de pontos”, afirmou o diretor de comunicação Valdir Barbosa, em entrevista ao site ​Hoje em Dia.

O processo se refere a uma dívida de 1,5 milhão de euros (R$ 6,39 mi na cotação atual) dos cruzeirenses com o Zorya Luhansk, da Ucrânia, pela contratação do atacante Willian Bigode, atualmente atleta do ​Palmeiras. O montante cobrado é o correspondente a três parcelas de 500 mil euros, que foram acordadas em 2014.

Com 8 pontos conquistados, o Cruzeiro atualmente ocupa a 18ª posição. Caso a perda de pontos se concretize, o time comandado por Mano Menezes cairia ainda mais e assumiria a lanterna da competição.