Menino se cobre com capa de chuva para abraçar professora: ‘Muita saudade’

Um menino de 5 anos improvisou uma capa de chuva para matar a saudade que estava da professora, que não via desde o dia 15 de março em Jaú, no interior de São Paulo.

A ideia foi da mãe de João Vicente Peres de Oliveira, para ajudar o filho com o desejo de ganhar um abraço da docente e, ainda assim, manter o garoto em segurança conforme as medidas de isolamento social necessárias para combater o avanço do coronavírus.

Mariana Vendrame Peres improvisou a proteção na quarta-feira (20), quando precisou ir até a escola para buscar material das atividades que está fazendo com o filho em casa.

“A escola dele é muito lúdica e eles não quiseram perder essa essência, então passaram atividades para gente fazer em casa, não está tendo aula online. Quando eu recebi a mensagem para buscar o material já comecei a pensar no que eu poderia fazer para o João Vicente poder ver a professora, porque ele tem muita saudade. Todo dia pergunta se o coronavírus foi embora para ele poder colocar uniforme e ir para escola”, conta Mariana.

A mãe tinha várias capas de chuva em casa e decidiu usar uma delas, junto com a máscara, para proteger o filho.

“Quando contei para ele o que estava pensando em fazer, que ele ia precisar usar a capa de chuva, ficou todo empolgado, pegou a capa de chuva e falou: 'vamos mamãe, vamos agora'. A capa de chuva ficou uma pouco grande nele, o capuz caia um pouco no rosto dele e deu a impressão que ele estava todo plastificado na foto, mas tinha a abertura normal no rosto e ele estava respirando normalmente”, explica.

Leia a matéria completa, clique aqui

RADIO ONLINE COMUNICAR ERRO

Menino se cobre com capa de chuva para abraçar professora: ‘Muita saudade’